Monopólio, o que é e a quem interessa?

Primeiramente, vamos definir o que é monopólio: Monopólio é a exploração sem concorrente de um negócio ou indústria, em virtude de um privilégio. É a posse ou o direito em caráter exclusivo. Ter o monopólio é possuir ou desfrutar da exploração de maneira abusiva, é vender um produto ou serviço sem concorrente, por altos preços.

Essa prática vem sendo adotada nos últimos anos de forma progressiva e estruturada na região noroeste do RS, sobretudo em Santa Rosa/RS. Enfraquecer a concorrência, comprá-la ou destituí-la é um "modus operandi" adotado por segmentos políticos e empresariais que possuem como objetivo o poder e a riqueza. Tais ambições não são ruins, mas muitas vezes o caminho adotado para conquista-las pode acabar sendo.

Exemplificamos esse questionamento quando observamos primeiramente a compra do Hospital do Dom Bosco e agora recentemente a compra do Hospital da Cidade de Giruá/RS ( vizinha de Santa Rosa/RS ). Trata-se de uma clara expansão, ou seja, uma empresa privada que adquire concorrentes no segmento de serviços, amplia suas atividades e receita. Nada disso seria alvo de questionamentos se fosse uma empresa privada com fins lucrativos, mas trata-se de uma instituição que possui seu maior foco e demanda no atendimento público.

A reflexão, passa pelo seguinte questionamento: Concentrar receita e poder decisório em uma instituição é melhor que diversificar e apoiar as demais?

Talvez a reposta disso esteja no olhar atento aos casos ocorridos em outras cidades e estados. Hospitais privados que optaram por expansão da sua rede focaram no atendimento privado e não público ( Rede D'or, Einstein, Sírio Libanês, Copa, etc ) e no segmento público Santa Casas e outros suplicam por recursos para se manter, dificilmente teriam capital financeiro para expandir.

Sendo assim, acompanhar este modelo de monopólio e os reflexos reais da prestação de serviço nos dará uma idéia de que se esta aposta realizada pelo poder público local, empresários e demais políticos é assertiva ou não. Entender os números envolvidos e os reais resultados do impacto que isso proporciona na vida das pessoas, denominado interesse coletivo, fará com que no futuro esse modelo seja melhor estudado, replicado ou simplesmente desfeito por se tratar apenas de uma construção de um projeto individual.

Deixe seu comentário, sua opinião e vamos interagir sobre o assunto!

Coluna Zeus no Lupa

21/05/2024
Boa tarde 👋

Boas-vindas à Lupa Notícias

Conecte, compartilhe e engaje com comunidade e construa relações.

Por favor, faça o log in se você já é um membro ou cadastre uma conta.